terça-feira, 19 de julho de 2011

Atividades de História Moderna - Povos Pré-Colombianos

Questões de Vestibular: História - Povos Pré-Colombianos

Questão 1: (UNIMONTES/MG) “Descobri que o mundo não era redondo da maneira como é descrito (...) Estou convencido de que aqui é o paraíso terrestre, onde ninguém pode chegar se não for pela vontade divina.” (Cristóvão Colombo. Carta aos reis espanhóis em 31 de agosto de 1498. In: PESAVENTO, Sandra Jatahy: 500 anos de América: imaginário e utopia. Porto Alegre: UFRGS, 1992, p. 32. Citado por RICARDO, ADHEMAR e FLÁVIO. História & Companhia. 6a. série. Belo Horizonte, 1998, p. 65) O texto acima:
A - invalida a tese segundo a qual o Renascimento foi marcado pelo avanço de descobertas científicas e humanistas, como o heliocentrismo e antropocentrismo;
B - demonstra o caráter intencional e planejado da “descoberta da América” pelos países ibéricos;
C - aponta a hegemonia de preconceitos tipicamente medievais, no processo de colonização da América Latina;
D - revela a presença de valores religiosos na conformação da mentalidade dos navegadores no processo de conquista do novo mundo.

Questão 2: (UFMS) Sobre os povos indígenas em Mato Grosso do Sul, é correto afirmar que:
A - os Kaiowá pertencem à família lingüística Jê e estão organizados em duas metades clânicas, denominadas “avá” e “karaí”;
B - os Kadiwéu são lingüiticamente Arawak e, assim como Terena, descendem dos antigos Xaray, também mencionados em fontes textuais coliniais como Xarayes ou Jarayes;
C - os Terana são conhecidos agricultores que somente na segunda metade do século XX migraram na região chaquenha da Bolívia e do Paraguai para o atual estado de Mato Grosso do Sul, especialmente para Serra da Maracaju;
D - os Ofayé, também conhecidos historicamente como Ofayé-Xavante, ocupam, tradicionalmente, o sul do estado e falam a mesma língua dos Ñandeva;
E - os Guató vivem na região do Pantanal, estão lingüisticamente filiados ao chamado Tronco Macro-Jê e são conhecidos como índios canoeiros.

Questão 3: (UFMS) A respeito da história e da organização sociocultural, política e econômica dos astecas, é correto afirmar que:
1 - antes do aparecimento do chamado Império Asteca, não existiu na Mesoamérica outro império, pois, até o século XIV da Era Cristã, prevaleceu a instauração de uma série de Cidades-Estados independentes, com estrutura social simples e igualitária;
2 - unidade social básica dos astecas era o altépetl, a comunidade aldeã que detinha a propriedade coletiva da terra, formando a base da administração e da tributação da Confederação Asteca. Também
havia o calpulli, nome dado às comunidades que constituíram os bairros de Tenochtitlán;
4 - cerca de um século depois da queda do Império Tolteca e de sua capital Tula, ocorrida no século XIII da Era Cristã, os astecas fundaram Tenochtitlán e a cidade que gradualmente passou a impor hegemonia
sobre outras Cidades-Estados. Da aliança entre Tenochtitlán e as cidades de Texcoco e Tlacopán, ocorrida na primeira metade do século XV, foi formada a confederação conhecida como Tríplice Aliança;
8 - a sociedade asteca foi um exemplo de sociedade igualitária e sem conflitos internos, na qual a economia era planejada em seus mínimos detalhes e não havia a exploração dos camponeses por parte do Estado;
16 - no cume da hierarquia asteca estava o Tlatoani, o monarca, um soberano que, por principio, era uma espécie de chefe militar das comunidades astecas.
Nível da questão: Cobra
SOMATÓRIA (____)

Questão 4: (UFES) Acerca das “Altas Culturas” pré-colombianas, não é correto afirmar que:
A - os maias e os astecas situavam-se na região denominada Meso-América (México e América Central), ao passo que os incas ocupavam a Zona Andina;
B - a economia era basicamente agrária, com destaque para a produção do milho, e se utilizavam técnicas de irrigação, a exemplo dos chinampas astecas e dos canais incas;
C - a utilização da escrita pelos governantes representou um notável impulso à centralização do poder, como comprovam as listas reais incaicas, grafadas no dialeto andino “quipu”, e os tratados políticos maias e astecas;
D - a estrutura social era do tipo classista, com a existência de uma elite composta por militares, sacerdotes e altos funcionários, que tributava as comunidades aldeãs, sob a forma de trabalho compulsório ou de produtos;
E - a política e a religião se encontravam intimamente unidas, razão pela qual a monarquia se revestia de um caráter sagrado, a exemplo da eleição do Tlatoani asteca, realizada sob inspiração divina, e do título de Filho do Sol, atribuído ao soberano inca.

Questão 5: (UFC) Recentemente, Alejandro Toledo foi eleito presidente do Peru. Durante a campanha eleitoral, foi chamado de Pachacútec, numa alusão ao imperador incaico que consolidou um império nos Andes centrais. Sobre a sociedade incaica, é correto afirmar que:
A - o fato de constituir uma das mais significativas sociedades pré-colombianas tem como base a negação da cultura dos povos dominados;
B - a sua economia tinha por base a agricultura, com a distribuição de terras pelo Estado e a prática do sistema de regadio;
C - o que a diferenciava das demais culturas pré-colombianas era a idéia de uma sociedade igualitária;
D - o comércio interno era significativo, tendo no guano um dos produtos mais valorizados;
E - a sua cultura desapareceu com o processo da dominação espanhola.

Questão 6: (UFES) "Os astecas (azteca) ou mexicanos (mexica) dominavam com esplendor a maior parte do México quando os conquistadores espanhóis ali chegaram, em 1519. Sua língua e sua religião tinham-se imposto sobre imensas extensões de terra desde o Atlântico até o Pacífico e das regiões áridas setentrionais até a Guatemala. O nome de seu soberano Motecuhzoma era venerado ou temido de uma ponta a outra daquele vasto território. Seus comerciantes com suas caravanas de carregadores percorriam o país em todos os sentidos. [...] Em Tenochtitlán (México), sua capital, a arquitetura e a escultura haviam alcançado um impulso extraordinário, enquanto o luxo crescia no vestuário, à mesa, nos jardins e na ourivesaria." SOUSTELLE, J. A civilização asteca. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987: 7.) São características da civilização asteca, exceto:
A - A unidade social básica era o calpulli, comunidade residencial com direitos comuns sobre a terra e uma organização interna de tipo administrativo, judiciário, militar e fiscal.
B - Tenochtitlán, a capital asteca, segundo a tradição, fundada em 1325, era o centro de um comércio de longa distância e pólo de atração para artesãos e vendedores, tendo-se convertido em uma das maiores cidades do mundo a expansão do poderio asteca.
C - A economia era de base agrícola e fundamentada na cultura do milho e do feijão, sendo o cultivo por chinampas (pequenas ilhas artificiais construídas mediante o acúmulo de lama e plantas aquáticas junto às margens pantanosas dos lagos), a técnica mais inovadora empregada na agricultura irrigada.
D - A sociedade asteca era dominada por uma dupla hierarquia: a dos dignitários (indivíduos investidos de altas funções militares ou civis) e a dos sacerdotes, sendo que no ápice encontramos o rei (Huey Tlatoani), cujo cargo era eletivo.
E - A monarquia asteca, embora possuísse origem divina, era constantemente desafiada pela população rural por conta da sobrecarga de tributos exigidos, razão pela qual, quando da chegada de Cortez ao México, Tenochtitlán era palco de uma violenta guerra civil liderada por camponeses dos distritos vizinhos.

Questão 7: (FGV/SP) Em 2001, Alejandro Toledo tornou-se o primeiro peruano com ascendência indígena a assumir a Presidência da República de seu país. A cerimônia de posse, em Machu Picchu, foi marcada por rituais e símbolos do Império Incaico. A respeito dos incas é correto afirmar:
A - Eram monoteístas antes da chegada dos espanhóis à América e chegaram a associá-los ao seu deus Viracocha.
B - Na sociedade incaica, havia uma clara separação entre política e religião, de tal modo que a seu governante, o Inca, não era atribuído nenhum caráter divino.
C - Cuzco, além do principal núcleo político do império fundado em torno do século XII, era considerado pelos incas o Centro do Mundo, o lugar mais sagrado da Terra.
D - A metalurgia para a produção de armas, adornos e ferramentas era a base da economia do império.
E - Ao contrário do tratamento dispensado a outros povos da América, não tiveram suas estruturas político-sociais profundamente alteradas e puderam preservar suas tradições religiosas até os dias de hoje.

Questão 8: (UFRJ) A civilização asteca tinha por centro a região que hoje corresponde:
A - ao México;
B - ao Caribe;
C - ao litoral pacífico dos EUA;
D - ao Peru;
E - à Venezuela.

Questão 9: (UFES) Os tupiniquins, uma das maiores nações indígenas brasileiras, possuíam as seguintes características no período colonial:
I. viviam da pesca, da caça, da coleta de frutos e raízes proporcionada pelas florestas e matas;
II. tiveram suas manifestações culturais, tradições e ritos cerceados, nas regiões onde foram encampados pelos aldeamentos jesuítas;
III. exploravam latifúndios respeitados pela colonização branca e viviam pacificamente com os portugueses no interior do Brasil;
IV. ocupavam parte do litoral brasileiro, na faixa compreendida entre o sul da Bahia e o Paraná.
Em relação às proposições acima, está correto o que se afirma em:
A - apenas em I, II e III;
B - apenas em II, III e IV;
C - apenas em I, III e IV;
D - apenas em I, II e IV;
E - em todas elas.

Questão 10: (UFSC/SC) Com relação aos indígenas da América, é CORRETO afirmar que:
1 - são chamados de povos “pré-colombianos” aqueles que viviam na América antes da conquista européia.
2 - os portugueses e os espanhóis foram grandes conquistadores das terras indígenas.
4 - após a chegada dos europeus, a população nativa foi sendo exterminada.
8 - a conquista e exploração da América desestruturaram o modo de vida das comunidades indígenas.
16 - aos índios foram impostos os padrões culturais europeus.
SOMATÓRIA (____)

Questão 11: (CEFET/PR) “Quipos”, cordões com nós para registro de acontecimentos importantes, eram usados pelos:
A - astecas;
B - toltecas;
C - maias;
D - incas;
E - zapotecas.

Questão 12: (UGF/RJ) A cultura maia, uma das mais importantes do mundo pré-colombiano, floresceu na região que hoje corresponde ao(s):
A - Uruguai, Argentina e sul do Chile.
B - Paraguai e Bolívia.
C - Brasil e Venezuela.
D - norte de Guatemala, Honduras Britânica e sudeste do México.
E - Andes peruanos.

GABARITO:
Questão 1: D - questão 2: E - questão 3: 22 - questão 4: C - questão 5: B - questão 6: E - questão 7: C - questão 8: A - questão 9: D - questão 10: 31 - questão 11: D - questão 12: D

Nenhum comentário:

Postar um comentário