domingo, 29 de agosto de 2010

ATIVIDADE 3° ANO – ESTADO GETULISTA - ENSINO MINEIRO

3° ANO – ESTADO GETULISTA - ENSINO MINEIRO
1: (UNEB/BA) Com base na análise da charge e nos conhecimentos sobre o Brasil, na Era Vargas, é correto afirmar:
A - A vitória dos paulistas na Revolução Constitucionalista de 1932 está associada à intensa participação do proletariado urbano e dos trabalhadores rurais.
B - A expressão "Me aguarde que eu volto!" deixa transparecer a firme intenção, por parte de Vargas, de retornar à Presidência após a sua destituição, em 1945, pelas Forças Armadas.
C - A volta de Vargas "nos braços do povo" ocorreu em 1937, quando, eleito pelo voto popular, retornou ao poder e implantou o regime conhecido como Estado Novo, de orientação socialista.
D - A Região Sul, durante a Era Vargas, se consolidou como área de concentração industrial, nos setores metalúrgicos, químico-farmacêutico e automobilístico.
E-O setor industrial brasileiro, até 1930, se resumia à produção de bens de consumo duráveis e, somente a partir desse período, quando Getúlio Vargas subiu ao po
der, é que foi implantado o setor de bens de produção.

2: (UFC) - O período do governo de Getúlio Vargas de 1937 a 1945 é conhecido na história do Brasil como "Estado Novo", em que:
A - os movimentos sociais contra o nazi-fascismo ganharam as ruas, com o apoio do governo;
B - os comunistas ocuparam vários cargos burocráticos e assumiram órgãos de propaganda política;C - os partidos políticos foram fechados e as bandeiras estaduais, queimadas, como símbolo do centralismo do poder;D - o sistema parlamentarista foi fortalecido pelo fechamento do Congresso Nacional e pela intervenção nos Estados;E-a elite industrial brasileira tornou-se hegemônica, pondo fim, dessa forma, à política do "café com leite" da aristocracia rural.

3: (PUC-MG) - Sobre o período conhecido no Brasil como Estado Novo (1937 - 45), pode-se afirmar, exceto:
A-A alternância no poder das oligarquias mineira e paulista foi o sustentáculo político de todo o período populista.
B - A implantação de uma política centralizadora de cunho nacionalista e industrializante não afetou o poder dos latifundiários rurais.C - A "concessão" da legislação trabalhista ao operariado urbano, por Vargas, originou a expressão "Pai dos Pobres".
D - A criação do DIP objetivou censurar as manifestações artísticas e divulgar a imagem e ideologia do regime.

4:(UEMG) - Leia o trecho de um discurso de Getúlio Vargas em comemoração ao Dia do Trabalho. "Trabalhadores! Como vedes, no regime vigente, participais diretamente das atividades organizadoras do Estado, em contraste a grante com a situação anterior a 1930, quando vossos reclamos não eram sequer ouvidos e morriam abafados nos recintos estreitos das delegacias de polícia. [...] naquela época, ao aproximar-se o 1º de Maio, o ambiente era diverso, generalizavam-se as apreensões e abria-se um período de buscas policiais nos núcleos associativos [...] que, não raro, redundavam em choques sangrentos. Atualmente a data comemorativa dos homens de trabalho é festiva e de confraternização [...] a ação tutelar e previdente do Estado patenteia-se de modo constante, na solicitude com que cria os serviços de proteção ao lar operário, de assistência à infância". (Extraído de: VARGAS, Getúlio. A nova política do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940. p. 182-3.) Confrontando-se a situação anterior com a situação posterior a 1930, referida no texto, é correto afirmar:
A - Os trabalhadores a quem Vargas se dirigia passaram a representar a maioria da população brasileira, que se deslocou do campo para a cidade com a crise de 1929.
B - O significado do dia 1º de maio não se manteve o mesmo nos dois momentos.
C - Foi apenas a partir de 1930 que os trabalhadores, organizadores em associações de caráter econômicopolítico, expressaram-se na cena política do país.
D - A relação entre governo e movimento operário foi alterada de um para outro momento e contou com apoio irrestrito de empresários e trabalhadores desejosos da paz social.

5 (FUVEST/SP) - Com respeito à Ação Integralista no Brasil, na década de 30, é correto afirmar que:A - foi uma cópia fiel do fascismo italiano, inclusive nas cores escolhidas para o uniforme usado nas manifestações públicas;
B - foi um movimento sem expressão política, pois não tinha líderes intelectuais, nem adesão popular;
C - tinha como principais marcas o nacionalismo, a base sindical corporativa e a supremacia do Estado;
D - elegeu católicos, comunistas e positivistas como antagonistas mais significativos;
E - foi um movimento financiado pelo governo getulista, o que explica sua sobrevivência.

6: (PUC-RS) - Entre as características da nova ordem política brasileira implantada com o Estado Novo estava:A - a formação de um governo democrático que fizesse frente à escalada da Ação Integralista Brasileira;
B - a mobilização política do campesinato, para fortalecer as bases de apoio das oligarquias tradicionais;
C - a participação do Estado na economia, para assegurar a industrialização no contexto internacional, caracterizado pela ascensão de regimes fortes;
D - a formação de uma aliança da esquerda com os liberais, numa frente única nacionalista;
E - a retirada do apoio brasileiro aos sistemas de acordos interamericanos.

7 (UEG) - Em 1938, a polícia de Alagoas venceu o bando de Lampião e degolou seus dez principais integrantes, inclusive a célebre Maria Bonita. Desde então, criou-se um rico imaginário popular sobre o cangaço. Sobre a organização política nordestina e sua relação com o cangaço, marque a alternativa correta:
A -A derrota de Lampião foi considerada um ato de justiça, uma vez que o cangaço ameaçava, sobretudo, os pequenos proprietários e a população de agregados que viviam nas fazendas.
B -A derrota de Lampião teve como contrapartida o estabelecimento de uma nova ordem política em que os direitos dos cidadãos no campo, principalmente no que diz respeito à legislação trabalhista, foram
assegurados na forma da lei.C -No Nordeste, predominavam as relações familiares e de compadrio. Lampião associara-se, muitas vezes, a fazendeiros e era percebido como um justiceiro no sertão nordestino.
D -A morte de Lampião representou uma derrota para a oligarquia nordestina, pois Lampião era um servidor dos ricos coronéis do sertão.
E -A morte de Lampião propiciou a formação de um pacto político entre fazendeiros e autoridades, visando a fomentar uma política de distribuição de terras para evitar a formação de novos bandos armados.

8: (PUC-MG) - O espírito do cartaz ao lado, produzido pelo DIP durante o Estado Novo, revela, exceto:
A -o reconhecimento do benfeitor dos trabalhadores;
B -o culto à personalidade do líder;
C -a importância do sindicato autônomo;
D -a valorização do trabalho e do trabalhador.


9: (FTC/BA) - O senhor Getúlio Vargas não deve ser candidato à presidência. Candidato, não deve ser eleito. Eleito, não deve tomar posse. Empossado, devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar.(Lacerda. In: Campos, p. 255.) Em relação ao contexto histórico brasileiro, no qual se insere o discurso do deputado Carlos Lacerda, é correto afirmar:
A -As palavras do deputado foram proféticas, uma vez que o Golpe Militar de 1964 afastou o presidente Getúlio Vargas, definitivamente, do poder.B -A eleição de Getúlio Vargas, em 1950, deu início ao período da história brasileira conhecido como Estado Novo, quando as liberdades individuais foram suprimidas.
C -O processo eleitoral referido no texto constituiu as primeiras eleições diretas presidenciais no Brasil do pós-Guerra, tendo Getúlio Vargas sido eleito, com o apoio da maioria dos partidos políticos.D -Getúlio Vargas, durante o seu novo mandato, desenvolveu uma política econômica voltada para a defesa das riquezas nacionais e de investimentos em setores estratégicos, como a energia e a siderurgia.
E -A antiga rivalidade entre o Presidente e o deputado Carlos Lacerda sofreu profundas transformações no decorrer do novo mandato, tendo o Deputado se tornado o principal defensor da nova política econômica adotada e da continuidade do governo populista de Vargas.

10: (UFSJ/MG) - “... o episódio de outubro de 1930 é tão-somente um elemento do processo de mudanças que se iniciou a partir dos anos de 1920 e que culminaria com o advento do Estado Novo. Considerando esse processo, 30 é um momento significativo desse quadro de mudanças político-institucionais, mas não representa uma ruptura”. (PENNA, Lincoln de Abreu. Uma História da República, 1969). A Revolução de 1930 é tida como um marco entre o Brasil oligárquico e o Brasil moderno. As transformações ocorridas na década de 1930:
A -inexistiram de fato, pois, perpetuou-se a agroexportação cafeeira e pecuário-leiteira e a hegemonia paulista e mineira (do café-com-leite);B -estiveram ligadas ao esgotamento do modelo agro-exportador, à emergência de massas trabalhadoras urbanas e à crise do liberalismo;
C -foram fruto do boom referente à agroexportação cafeeira, da hegemonia da oligarquia paulista e do sistema partidário de bases estaduais (PRPs);
D -realizaram uma profunda transformação social, com a reforma agrária e o fim do latifúndio, a industrialização e os partidos nacionais.

11: (UNIFESP/SP) - O secretário do CSN (Conselho de Segurança Nacional), em 11.05.1939, admite a indústria estatal como solução para o problema em decorrência da imperiosa força maior e em caráter transitório. Com base no texto, pode-se afirmar que
A -O regime do Estado Novo decidiu-se pela construção da siderúrgica de Volta Redonda, por causa da pressão do Exército brasileiro, então sob controle de generais progressistas.
B -Getúlio Vargas aproveitou-se das circunstâncias favoráveis da época, como a iminência da guerra entre as potências capitalistas, para implantar no país a indústria de base.
C -O Exército acabou por concordar com a criação de uma indústria estatal de base, em troca de sua permanência no poder e da garantia dada por Getúlio Vargas de que o Brasil não entraria em guerra.
D -O país estava seguindo uma tendência dominante naquele momento, estimulada pelos Estados Unidos, visando criar infra-estrutura econômica para absorver seus produtos.
E -O projeto visando criar a primeira companhia estatal brasileira, no ramo da siderurgia, resultava tanto da abundância do minério de ferro no país quanto da pressão da opinião pública nesse sentido.

12: (MACKENZIE/SP) - A criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, pelo decreto de 26 de novembro de 1930, indicava a intenção de Getúlio Vargas, já no início do Governo Provisório, deA -Combater o trabalho escravo nas zonas rurais, onde a inexistência de uma legislação trabalhista eficaz permitia constantes abusos de fazendeiros, em particular na exploração da mão-de-obra feminina e infantil.
B -Manter, sem alterações significativas, a política dos governos anteriores em relação ao operariado, ou seja, a de mera repressão policial e de proibição da organização sindical.
C -Criar uma política que regulamentasse tanto às atividades operárias quanto patronais, e que, por conseguinte, permitisse reunir no Estado meios de controle sobre ambas as classes sociais.
D -Implantar um modelo de política trabalhista como o da União Soviética, cuja organização de trabalhadores se fazia inteiramente sob a égide do Estado.E -Reduzir ao mínimo a intervenção do Estado nas relações litigiosas entre empresário e trabalhadores, cabendo ao Ministério apenas oficializar os acordos resultantes da livre negociação.

13: (UNAMA/PA) - O Brasil é um país que, pela sua formação histórica, caracteriza-se pela presença de uma variedade de ritmos musicais, o que contribuiu para o surgimento de movimentos musicais ao longo de nossa história. Esses movimentos musicais, dependendo do período histórico, vivenciaram interferências, perseguições e proibições do Estado brasileiro. Dentre eles, temos:
A -na década de 30, com a ascensão de Getúlio Vargas ao poder, o Estado passou a intervir nas manifestações populares musicais, em geral, e surgem letras patrióticas e ufanistas que ressaltavam as maravilhas do país;
B -o samba, saído dos morros cariocas, se firmou nos primeiros anos da República, ganhando o status de símbolo nacional, no entanto, após a implantação do Estado Novo, foi proibido pelo governo ditatorial de Vargas;
C -a Bossa Nova, movimento musical surgido nos anos 60, permaneceu como a maior opção dos brasileiros até a década de 70, quando, sofrendo perseguições do governo militar, chegou ao fim;
D -o golpe de 64 estimulou a criação musical de jovens da classe média alta, a maioria engajada no movimento estudantil, o que redundou no surgimento de outros gêneros musicais, tais como o break e a música de protesto.

14 (UEPA) - A cidade se transformou em uma floresta de antenas. Não havia residência que não ostentasse sobre os telhados ou pelos quintais, os mastros altíssimos de antenas, geralmente de bambu, a sustentar os fios horizontais para a captação das ondas hertzianas”. ALMIRANTE. No tempo de Noel Rosa. p., 63 In: SALVADORI, Maria Ângela Borges. Cidades em tempos modernos. São Paulo: Atual, 1995. p. 15.Glossário: hertzianas – relativo a hertz, unidade de freqüência de um ciclo por segundo.
O texto anterior, de autoria de Almirante, compositor e radialista das primeiras décadas do século XX, faz referência:
A -às modificações na paisagem urbana do Rio de Janeiro ocasionadas pelo advento das emissoras de televisão que se utilizavam de antenas, “geralmente de bambu”, para a transmissão de suas programações, cooptadas pelo Estado Varguista;
B -ao impacto da radiodifusão na sociedade brasileira que permitiu o acesso a uma gama significativa de informações, motivadoras, geralmente, de mudanças no comportamento e cotidiano das pessoas, dentre as quais o operariado brasileiro;
C -à expansão das empresas de telecomunicações que transformou a “cidade (...) em uma floresta de antenas”, beneficiando o comércio de exportação, pois ocasionou uma dinamização da economia de consumo dos aparelhos de televisão, incentivada pelo Estado Novo;
D -ao rádio, que atingia rapidamente o menor número de ouvintes em todo o país, fato que despertou o desinteresse político do governo “Estado Novista”, devido à ameaça que esse meio de comunicação representava para a desagregação da classe trabalhadora;
E -ao desenvolvimento da indústria de eletrodomésticos, principalmente a de aparelhos de televisão, gerando assim um grande número de empregos e maior possibilidade de compra das camadas médias urbanas.

15: (UFMS) - Durante a Era Vargas, principalmente a partir de 1937, o Governo federal promoveu um movimento com o objetivo de colonizar parte das terras do antigo estado de Mato Grosso. Esse movimento ficou conhecido como a Marcha para o Oeste. A respeito desse assunto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).
I -A Marcha para o Oeste era parte de uma geopolítica do governo Vargas para ampliar as fronteiras do Brasil na região platina, em especial sobre parte do atual território paraguaio.
II -O objetivo do movimento era fazer com que as fronteiras econômicas e políticas do Brasil se correspondessem. Para isso, era necessário que o território nacional formasse um bloco homogêneo.III -O governo Vargas entendia que a Marcha para o Oeste era essencial para povoar os espaços “vazios” e promover sua política de integração política. Muitos desses espaços “vazios” eram territórios tradicionais de grupos indígenas.
IV -Para a estratégia de ocupar os “espaços” vazios existentes na Região Centro-Oeste, o Governo federal criou a Expedição Roncador-Xingu que, anos mais tarde, passou a fazer parte da Fundação Brasil Central.V -A Colônia agrícola Nacional de Dourados, criada pelo Governo Vargas, serviu para atrair imigrantes japoneses para o antigo sul do Mato Grosso, os quais se dedicaram à cafeicultura. Esse projeto de colonização oficial foi a primeira experiência de reforma agrária na história do Brasil e serviu de propaganda durante o movimento Marcha para o Oeste.
A - se apenas I e II são corretas;
B - se apenas II, III e IV são corretas;
C - se apenas I, II, III, IV são corretas;
D -se TODAS são corretas;

16: (UFMS) - Regime ditatorial de feições corporativas, instaurado por Getúlio Vargas, em 1937, o Estado Novo teve seu fim em outubro de 1945, devido:
A -ao fim do mandato presidencial de Getúlio Vargas;
B -à renúncia de Getúlio Vargas ao mandato presidencial;
C -à morte natural de Getúlio Vargas;
D -ao suicídio de Getúlio Vargas;E -à deposição de Getúlio Vargas por golpe militar.

17: (UEA/AM) O Estado Novo instalou empresas nacionais e inaugurou o controle estatal sobre áreas de produção estratégicas, como mineração, aço e petróleo. De forma corporativa, estabeleceu, para os setores agrários e burgueses, mecanismos de acesso aos núcleos de poder e de tomada de decisão. Assinale a alternativa que se refere corretamente a essas medidas:
A -O Estado Novo fortaleceu o bloco democrático e militar, que assumiu as diretrizes do desenvolvimento econômico nacionalista, nitidamente acima da burguesia urbana.
B -Para a indústria, o regime criou os conselhos técnicos; para os setores extrativistas e agrários, os institutos; e, para a infra-estrutura, as comissões e conselhos de água, energia, ferrovias e do Plano Siderúrgico, que faziam a aproximação com o poder.
C -O Departamento de Administração do Serviço Público foi criado para permitir a prática de ações paternalistas, clientelistas e cartoriais em proveito do regime.
D -A nacionalização do petróleo foi obtida após a aprovação da Lei 2003, que determinava o monopólio dos recursos do petróleo.
E -A Lei de Segurança Nacional foi criada para, ao lado do DIP – Departamento de Imprensa e Propaganda –, trazer tranqüilidade ao regime industrializante.

18 (UFMT) - Durante o Estado Novo (1937 – 1945), o Brasil teve que se posicionar diante do confronto entre as “potências do Eixo” (Alemanha, Itália e Japão) e as “nações aliadas” (Inglaterra, França, URSS e EUA, após 1941). Em 22 de agosto de 1942, declarou Estado de Guerra contra a Alemanha e a Itália. Sobre o assunto, assinale a afirmativa incorreta:
A -A participação do Brasil na II Guerra Mundial deveu-se à exclusiva deliberação do presidente Getúlio Vargas, que se cercava de auxiliares e de ministros, em sua maioria, favoráveis à aliança entre o Brasil e os Estados Unidos da América.
B -Os expedicionários, após as recepções oficiais comemorativas da vitória no front italiano, foram recomendados a não fazer críticas ao Estado Novo de Vargas.
C -O Brasil declarou guerra à Alemanha e à Itália por ter sido agredido, uma vez que teve dezenas de embarcações afundadas por submarinos do Eixo.
D -Durante o esforço de guerra, a sociedade brasileira mobilizou-se para a realização de sacrifícios e de gestos altruístas, como demonstrou o apoio às campanhas de racionamento de combustível e de economia de energia elétrica.E -A Força Expedicionária Brasileira e a Força Aérea Brasileira combateram os alemães em território italiano, colaborando com as forças das “nações aliadas” que haviam invadido a Itália em 1943.

19: (UERJ) - O populismo brasileiro surge sob o comando de Vargas e os políticos a ele associados. Desde 1930, pouco a pouco, vai-se estruturando esse novo movimento político. Ao lado das medidas concretas, desenvolveu-se a ideologia e a linguagem do populismo. IANNI, Otávio. In: MOTA, Myriam Becho e BRAICK, Patrícia Ramos. História: das cavernas ao Terceiro Milênio. São Paulo: Moderna, 1997.
Duas ações representativas do populismo varguista estão apontadas em:
A -implantação de organizações econômicas e redistribuição de terras aos camponeses;
B -estatização das indústrias de bens de capital e limitação dos investimentos estrangeiros;
C -modernização das estruturas econômicas e concessão de direitos aos trabalhadores urbanos;
D -adoção de discurso antiimperialista e estímulo ao alistamento contra a ingerência norte-americana.

20: (PUC-RS) - Zé Carioca, personagem de histórias em quadrinhos e filmes de Hollywood, foi criado por Walt Disney a partir de uma interpretação da figura popular do malandro carioca ligado ao samba e ao carnaval. A criação desse personagem caricatural para representar a identidade nacional brasileira está relacionada a qual dos contextos abaixo?
A -À Primeira Guerra e ao esforço de penetração comercial dos EUA no Brasil.
B - Ao esforço de aproximação e alinhamento do Brasil aos EUA, no contexto da II Guerra Mundial.
C -À internacionalização da economia brasileira da Era JK.
D -À expansão da cultura pop de influência norte-americana na Guerra Fria.
E -Ao imperialismo cultural dos EUA no contexto da ditadura militar.

21 (UFRGS) - Considere as seguintes afirmações, referentes a aspectos econômicos do governo do presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961).
I O período foi marcado pelo acelerado desenvolvimento econômico, especialmente no setor industrial.II Além dos investimentos na produção de bens de capital, o Estado brasileiro passou a desenvolver a produção de petróleo, sendo decisiva a criação da Petrobras nos anos finais do governo JK.
III A política econômica adotada estava assentada na abertura ao capital estrangeiro e na realização de investimentos diretos feitos pelo governo, precedidos de emissão de moeda, o que agravou o processo inflacionário.
Quais estão corretas?
A -Apenas II.
B -Apenas I e II.
C -Apenas I e III.
D -Apenas II e III.
E - I, II e III.

22: (UEG) - Sem dúvida, o fenômeno do fascismo é bastante complexo, se considerarmos as suas origens, a sua evolução e, principalmente, a sua transformação através do tempo. A partir do exposto, julgue os seguintes itens:
I. A ideologia corporativista defendia a organização do povo em corporações sindicais que governariam o país por meio do Partido Fascista.
II. O nazifascismo alemão, caracterizado pelo anti-semitismo, emergiu da desastrosa derrota da Alemanha na Primeira Guerra Mundial.III. As características fascistas presentes no Estado Novo provocaram a ruptura entre Vargas e a Igreja Católica, em decorrência das propostas da reforma de ensino.
Assinale a alternativa correta:
A -Somente as proposições I e II são verdadeiras.
B -Somente as proposições I e III são verdadeiras.
C -Somente as proposições II e III são verdadeiras.
D -Todas as proposições são verdadeiras.

23: (UFG/GO) - A cidadania expressa-se no usufruto de direitos civis, políticos e sociais. Vargas, no Estado Novo (1937 a 1945), atendeu às demandas sociais com a legislação trabalhista. Porém, ao iniciar seu governo, restringiu o exercício da cidadania no que concerne aos direitos políticos, ao:
A -submeter a administração dos Estados ao controle dos órgãos federais.
B -centralizar o poder, governando com base em medidas provisórias e decretos-leis.
C -fechar o Congresso, extinguindo os partidos políticos e outorgando uma nova Constituição.
D -fortalecer a liderança pessoal do presidente junto aos trabalhadores por meio de garantia de direitos sociais.
E -nomear militares para postos no governo dos estados nordestinos, limitando o poder dos antigos oligarcas.

24 (UFG/GO) - Observe a imagem a seguir:Foto do banquete oferecido ao presidente da República, no Palácio das Esmeraldas de Goiânia, em 7 de agosto de 1940. Acervo: Museu Pedro Ludovico Teixeira. In: PALACÍN, Luís; MORAES, Maria Augusta de Sant'Anna. História de Goiás (1722-1972). 5. ed. Goiânia: UCG, 1989. p. 105. A associação da fotografia ao contexto histórico do Estado Novo, em Goiás, sinaliza:
A -a adoção de uma política de reforma agrária, voltada para os migrantes pioneiros da colonização agrícola em Goiás;
B -o estímulo do governo central brasileiro ao processo de redistribuição populacional na região Centro-Oeste;
C -a articulação com o governo federal, visando à modernização de Goiás, com a criação de colônias agrícolas;
D -as políticas de combate às endemias que assolavam as populações interioranas, iniciando a campanha sanitarista em Goiás;
E -a difusão do projeto estadonovista de ocupação do Centro-Oeste, baseado na urbanização e na industrialização da região.

25: (UFPR) - Ora entendidos como bandidos, ora como verdadeiros heróis, no início do século XX, homens e mulheres das classes populares impunham suas leis e afrontavam o poder no Nordeste brasileiro, sendo destacados na história, na literatura e no cinema. Ainda hoje são forte referência no cancioneiro popular. Sobre esse movimento popular e seus integrantes, é correto afirmar:
A -Seus membros realizavam protestos contra a mecanização da agricultura e a monocultura.
B -Seguiam um líder messiânico que defendia o retorno da Monarquia e o comunismo agrário.
C -Tratava-se de um movimento separatista que recusava a hegemonia da região Sul.
D -Defendiam o movimento integralista, cujo objetivo era o povoamento efetivo dos sertões.
E -Eram chamados de cangaceiros, e seu movimento caracterizava-se como uma forma de banditismo social.

26: (MACKENZIE/SP) - A respeito do Estado Novo (1937-1945), são feitas as seguintes afirmações:
I. O Golpe de Estado, que em novembro de 1937 instaurou a ditadura de Getúlio Vargas, lançou mão, para sua legitimação, do pretexto da iminência da revolução comunista no Brasil pelos agentes de Moscou.
II. Durante o Estado Novo, o governo foi conduzido de maneira fortemente persona-lista, o que se evidenciava na supressão dos partidos políticos, como a ANL e a AIB.
III. A Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada em 1933, foi revogada pela ditadura varguista, que adotou uma política meramente de repressão ao movimento operário.
Assinale:
A -se apenas I é correta;
B -se apenas II é correta;
C -se apenas III é correta;
D -se apenas I e II são corretas;
E -se I, II e III são corretas.

27: (Unibahia/BA) - No dia 10 de novembro de 1937, no Brasil, o Congresso foi fechado. Começava, então, o Estado Novo, período em que a sociedade brasileira:
A -foi salva da ameaça representada pelo Plano Cohen, comunista e combatido pelo novo governo;
B -presenciou disputas políticas entre tendências opostas e o apoio do governo à Aliança Nacional Libertadora;
C -assistiu à hipertrofia dos poderes presidenciais e à instalação de um regime ditatorial de caráter fascista;
D -conheceu uma Constituição liberal, que, entre seus artigos, estabelecia o federalismo como princípio básico do Estado;
E -testemunhou a eliminação de grupos dominantes e o enfraquecimento do Estado, em especial o Poder Executivo, que perdeu seus mecanismos de ação.

28: (UFSC/SC) - “Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, pra que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes (...) Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora vos ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história.” Carta-Testamento de Getúlio Vargas. Sobre o longo, conturbado e polêmico período de governo de Getúlio Vargas, é correto afirmar que:
I - Getúlio Vargas, oriundo da oligarquia gaúcha, chegou ao poder com um discurso antioligáquico, através de um movimento armado, em 1930;
II - em 1934, Getúlio foi eleito presidente por sufrágio indireto. Seu mandato deveria durar até 1938, quando seriam realizadas eleições diretas para a presidência;
III - em 1937, por meio de um Golpe de Estado, inaugurou-se o Estado Novo, pondo fim à campanha para presidente que estava em pleno curso. Terror policial, tortura e prisões ocorreram até 1945;
IV - em 1950, Vargas foi eleito presidente da república, pela primeira vez pelo voto direto. Esse período na presidência foi marcado por um discurso fortemente nacionalista, pelos constantes apelos aos trabalhadores e pelos embates com uma oposição, como próprio Vargas, nem sempre democrática;
V- a despeito dos seus críticos, é possível dizer que Getúlio Vargas sempre governou de forma democrática, defendendo os interesses do povo e se colocando contra os interesses dos grandes empresários e banqueiros, como se lê na sua carta-testamento.
A - se apenas I e II são corretas;
B - se apenas I, II, III são corretas;
C - se apenas I, II, III, IV são corretas;
D -se TODAS são corretas;

29: (UDESC) - No ano de 2004, a imprensa deu grande destaque aos 50 anos da morte de Getúlio Vargas. Político de múltiplas facetas, Vargas transformou-se num dos grandes personagens da política brasileira. Acerca dos acontecimentos e ações do período em que ele ocupou a presidência, todas as alternativas estão corretas, exceto:
A - Estabeleceu uma legislação trabalhista, destacando-se a criação do salário mínimo.
B - Deu ampla autonomia ao Poder Judiciário e instituiu o catolicismo como religião oficial do Brasil.
C - Reprimindo os comunistas que articulavam ações contra o seu governo, prendeu e deportou para a Ale-manha nazista a militante Olga Benário, companheira de Luís Carlos Prestes.
D - Declarou guerra ao Eixo (Alemanha, Itália e Japão), aliando-se aos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial e permitiu que os norte-americanos utilizassem bases militares no Nordeste brasileiro.
E -Foi líder do movimento que pôs fim à República Velha, depondo o presidente Washington Luís.

30 (UFLA/MG) - Observe a charge política: CHARGE POLÍTICA
FONTE: História para o Ensino Médio: história geral e do Brasil: volume único - São Paulo: Scipione, 2001 - série parâmetros A charge em questão evidencia irreverentemente momentos da trajetória política de Getúlio Vargas, correlacionando-os a figuras de destaque num dado momento histórico. Indique a alternativa que não diz respeito aos períodos getulistas apontados:
A - A associação entre Getúlio Vargas e o presidente norte-americano Roosevelt diz respeito à aproximação entre Brasil e Estados Unidos da América momentos antes da entrada de ambos na 2.ª Guerra Mundial.
B - O movimento revolucionário de 1930 foi resultado de uma aglutinação de forças e instituições que buscavam participação política, anteriormente negada pelas oligarquias cafeeiras, daí sua associação a ditadores.
C - Ao correlacionar a figura de Getúlio Vargas ao ditador nazista, Adolf Hitler, na data em questão, buscou-se associar as ditaduras políticas de ambos.
D - O temor norte-americano de uma aproximação getulista do Eixo no início dos anos 40 resultou numa busca de aproximação cada vez maior por parte dos americanos em relação ao Brasil e resultou num empréstimo financeiro com vistas à construção de uma siderúrgica, o que explica uma de suas charges.
E - O interesse “continuista” de Getúlio no período denominado de “redemocratização” levou-o ironicamente a buscar apoio até mesmo no PCB de Prestes, ao qual perseguira sistematicamente ao longo das gestões anteriores, daí a ironização da charge.

Um comentário:

  1. Bom dia, muito boa as atividades te como disponibilizar o gabarito.

    ResponderExcluir